Escola Promotora de Saúde

 

 Ano letivo 2017/2018 

  

16 de outubro é o Dia Mundial da Alimentação

e tendo a alimentação um papel importante na nossa saúde, este ano propomos uma reflexão, em família, sobre a importância de tomar o pequeno almoço diariamente, sempre que possível  acompanhado, antes de sair de casa.

Cada vez são mais as evidências científicas acerca da importância desta refeição na concentração, memória, humor, motivação dos alunos, aspetos determinantes para um melhor rendimento escolar.

A Equipa da Saúde Escolar

(ver maior)


 

 


Ano letivo 2016/2017


 

  


 

«A escola ocupa um lugar central na ideia de saúde. Aí aprendemos a configurar as ‘peças’ do 

conhecimento e do comportamento que irão permitir estabelecer relações de qualidade. Adquirimos, 

ou não, ‘equipamento’ para compreender e contribuir para estilos de vida mais saudáveis, tanto no 

plano pessoal como ambiental (estradas, locais de trabalho, praias mais seguras), serviços de saúde 

mais sensíveis às necessidades dos cidadãos e melhor utilizados por estes». 

(Constantino Sakellarides. in Rede Europeia e Portuguesa de Escolas Promotoras de Saúde. 1999) 

A  Escola Promotora da Saúde (EPS)  é  aquela que inclui a educação para a saúde no currículo e possui actividades de saúde escolar. Uma Escola Promotora da Saúde assenta em três vertentes – currículo, ambiente e interacção escola/família/meio – e orienta-se por 10 princípios, organizados em cinco dimensões, considerando-se a sua implementação efectivada quando os processos forem assumidos pelos sectores da saúde e da educação, podendo envolver outros parceiros institucionais.

 

Na nossa escola o projeto Escolas Promotoras de Saúde é coordenado pela Prof.ª Sofia Abreu.